Temos uma boa novidade para os UX Designers. A Adobe acaba de lançar uma ferramenta que promete facilitar o trabalho desses profissionais. A Experience Design CC, que era conhecida como Project Comet, foi lançada para o público e promete muitas novidades considerando as experiências que os Designers tiveram com softwares como Illustrator, Photoshop e InDesign.

A ferramenta promete ajudar designers a desenvolver aplicativos e sites que mantenham os usuários interessados, pois possibilita alternar entre protótipo, wireframe, designe e preview. Estão incluídas ferramentas de design e layout, protótipos dedicados a transições, testes de protótipos com alterações sendo visualizadas em tempo real, e compartilhamento do protótipo em qualquer lugar e dispositivo, facilitando o acesso da equipe e de stakeholders.

Observando as dificuldades que existiam para os designers, que precisavam utilizar diferentes ferramentas para desenhar interfaces digitais, a Adobe decidiu otimizar esse trabalho. E mais: antes quando era necessário realizar modificações nos protótipos, muitas vezes, era preciso alterar tela por tela manualmente o que também foi resolvido no Adobe Experience Design.

Confira o vídeo de lançamento:

Mesmo sendo uma ferramenta nova, que ainda está em fase de aprimoramento, já existem novidades que prometem encantar os usuários! Vamos conferir quais são?

Existe uma conexão perfeita com o Photoshop e Illustrator. Basta copiar e colar o conteúdo para a ferramenta e ela já entende o que está na área de transferência. Também passou a ser possível a gravação de vídeos em .mov enquanto você trabalha com seu protótipo. O XD facilitou inclusive a criação de links entre as telas, permitindo visualização instantânea. São identificados elementos repetitivos e são criados padrões que os replicam sem precisar copiar e colar várias vezes. Para completar, a ferramenta possui uma interface limpa e organizada que facilita o trabalho dos designers!

Mas com tantos pontos positivos, será que existe alguma desvantagem? Infelizmente, por enquanto só está disponível para os usuários de Mac OS X. Esse público pode testar a versão fazendo o download no site da Adobe. (É preciso possuir, ou criar, uma conta para logar e baixar). Além disso, o que desagradou é que as interações feitas na ferramenta não são aproveitadas na hora da programação. Tudo que você desenvolveu só serve para visualização, mas o código gerado não pode ser utilizado pelo desenvolvedor para criar o produto.

Por ser novo no mercado, acreditamos que o software ainda passará por constantes evoluções. Acompanhe a gente para ficar por dentro das próximas novidades que virão!