Não é de hoje que a polêmica sobre o uso das redes sociais no trabalho é visto como algo negativo, seja para a manutenção do foco e da concentração do colaborador que pode gerar queda na produtividade, seja pela possibilidade de vazão de informações importantes da empresa. Contudo, há aqueles que defendem o uso das mídias sociais como algo que ajuda a descontrair um pouco, relaxar, manter-se informado e até mesmo agilizar procedimentos dentro da própria organização, como conversar com alguém de outro setor para solicitar um relatório.

De qualquer forma, há empresas que simplesmente banem a possibilidade de acesso através de proxys ou outros programas de bloqueio. Em defesa da harmonia entre empresa e colaborador, temos algumas dicas para ajudar a fazer as pazes:

1 – Regras são regras

Se a empresa já possui uma política que proíbe a utilização de redes sociais em horário de expediente, é preciso respeitar. Ao entrar na empresa, todo colaborador concorda com as regras imposta e, caso haja possibilidade delas serem revistas pela gestão, é possível tentar conversa e expor os pontos. Caso contrário, é melhor aguardar pelo horário de almoço ou durante aqueles 15 minutinhos na pausa para o café.

2 – Policie-se

Como colaborador é preciso sempre pensar em executar suas tarefas e cumprir suas metas para aquele dia. Logo, se você é uma pessoa que perde o foco facilmente, talvez utilizar as redes sociais no horário de expediente não seja uma boa ideia. Neste caso, utilizar a técnica Pomodoro pode ser uma ótima solução, já que a ideia é aproveitar cinco minutos de descanso para cada 25 minutos trabalhados. Desligar as notificações das redes sociais também é importante.

3 – Seja disciplinado

Mesmo que o uso de mídias sociais seja liberado no ambiente de trabalho, isso não é razão para ficar horas conversando ou lendo informações inúteis. Uma das vantagens das redes sociais é obter informações rápidas quando se precisa. Logo, use isso ao seu favor. Procure matérias, dicas ou converse com profissionais que podem dar um UP em seu conhecimento ou na sua carreira. Se a variedade de publicações na sua timeline é um problema, busque por redes mais focadas, como o Linkedin ou Twitter.

4 – Desenvolva a criatividade

Se você trabalha em cargos cuja busca de elementos criativos é preciso, as redes sociais são perfeitas. Contudo, antes de entrar para ficar papeando com os amigos e colegas, busque uma informação crucial para o projeto que você vai criar. Se for uma campanha de um produto, aproveite as redes sociais para ver o que marcas do mesmo segmento já fizeram, novidades em design e branding, e busque conversar com colegas que já desenvolveram campanhas, ações ou um projeto semelhante ao que você precisa criar.

5 – Crie um grupo da empresa

Outra dica interessante é criar um grupo fechado no Facebook, LinkedIn ou via Whatsapp. Essa é uma ótima forma de aproximar a Gestão da área de produção e de outros setores, promovendo ideias para melhorias na empresa ou até informações que podem agregar valor à sua carreira profissional. Que tal propor um curso ou treinamento interno?

Curtiram as nossas dicas? Em breve traremos muitas dicas excelentes para vocês sobre uso consciente das redes sociais. Aguardem! 😉