De acordo com dados da GSMA, associação global dos operadores móveis, já somos mais de 50 milhões de brasileiros acessando a internet através de dispositivos móveis. E esse número só tente a crescer, pois a tendência é que façamos cada vez mais as nossas obrigações através de tablets e smartphones, deixando os PCs e notebooks de lado.

Tendo em vista essa mudança comportamental, o Google começou a dar mais relevância nas suas pesquisas a sites mobile-friendly, sejam eles responsivos ou com versões para mobile. Como uma empresa que sempre visou uma boa Experiência de Usuário, o Google está meio que “forçando” os sites a se adaptarem aos novos tempos. Ou seja, quem não possuir uma versão adaptável à smartphones e tablets ficará para trás.

Agora, você sabe qual a importância de um site ser mobile-friendly? Primeiramente, a navegação de quem usa um dispositivo móvel fica mais leve e confortável, pois as imagens e o texto são adaptados para essa plataforma. Toda a infraestrutura é pensada para melhorar a experiência daquele usuário, desde o espaçamento entre as páginas ao tamanho da fonte.

Claro que não é tão fácil assim construir um site mobile-friendly, pois variações ocorrem de acordo com aparelho, o sistema operacional, tamanho da tela e outros fatores. Contudo, é um caminho obrigatório na vida de um bom desenvolvedor. Se não quiser ficar para trás, precisa aderir a essa tendência.

Então o que está esperando para entrar também na onda do mobile? Deixou de ser uma opção para se tornar uma necessidade.