É essencial que as empresas tenham consciência da importância de estarem online e de possuírem um bom marketing digital. Contudo, só isso não basta, pois o mundo da internet necessita um tipo de comunicação diferente, onde tudo é mais rápido e dinâmico. Por exemplo, uma campanha que funcionaria muito bem em um outdoor ou em outra mídia off-line talvez não obtivesse o mesmo êxito online. Além disso, há pequenas regras de coisas que nunca devem ser feitas nas redes sociais, podendo causar prejuízos permanentes para a sua empresa ou marca.

Não aborde temas polêmicos. Claro que fazer marketing digital tem a ver com ser descontraído e ousado, porém muitos já falharam tragicamente por escolherem uma abordagem errada. E uma das principais causas é justamente a de tocar em assuntos que geram polêmica. Alguns dos temas que devem ser sagrados são futebol, religião, política. Além de questões que envolvem preconceito, como racismo e homofobia. Nunca aborde esses temas em campanhas de humor.

Lembre-se que as pessoas estão nas redes sociais para se entreterem e não para verem propagandas e anúncios. Quando for produzir o conteúdo do seu site ou fanpage, tenha 80% de assuntos interessantes, informativo e educativo para apenas 20% de comercial.

Acompanhe e fique atento aos resultados. A internet está repleta de ferramentas para medir a eficiência da sua abordagem online. Pode-se medir os acessos no seu site, a média de curtidas na fanpage, os RTs recebidos no twitter. Pegue todas essas informações e veja o que está dando certo e o que não.

Nunca discorde de um cliente publicamente. Por exemplo, se houve alguma reclamação em um comentário, procure saber e esclarecer o que houve. Resolva da forma mais rápida e objetiva possível. No caso de o problema se estender, chame esse cliente para conversar sobre reservadamente, no bate-papo ou por email.

Apagar comentários negativos e críticas pode ser muito prejudicial. Como falado no parágrafo anterior, procure entender o que está acontecendo e mostrar-se interessado em resolver aquele problema.