Não é de hoje que se sabe que a internet é uma das formas mais eficientes para gerar resultados para as empresas, seja em conversão em leads e clientes, ou ainda para proporcionar mais visibilidade, alcance, engajamento e fidelização do consumidor. Em pesquisa recente da União Internacional de Telecomunicações (UTI) revelou que havia cerca de 2,3 bilhões de pessoas conectadas à internet em 2012. Até 2015, a previsão é um crescimento de 40%. No Brasil, por exemplo, existem mais de 100 milhões de internautas, dos quais mais de 80% utilizam as redes sociais (IBOPE/2013).

Para conquistar sua fatia de mercado, a Agência Diretriz preparou algumas dicas para quem quer iniciar investimentos na área de Marketing Digital. Confira:

1. Saiba como funciona. Quem é empreendedor ou pequeno e médio empresário precisa entender exatamente o serviço que irá contratar e o que exatamente ele trará para a sua empresa. Marketing Digital envolve pessoas, análise de mercado, entendimento do público-alvo, monitoramento, estratégia, mensuração e planejamento.

2. Procure entender o que cada serviço faz. Em Marketing Digital são disponibilizados vários serviços como Construção de Site e/ou Blog, otimização de sites através de SEO, produção de conteúdo otimizado pelo Webwriting, envio de newsletter através de Email Marketing, publicidade virtual através dos Links Patrocinados, relacionamento via Gestão de Redes Sociais, entre outros. Conhecer cada um deles ajuda a montar um plano estratégico de modo que cada investimento atingirá objetivos específicos que, no conjunto, buscará atingir o objetivo final.

3. Crie um site ou blog. Antes de procurar ferramentas ou profissionais aleatórios, procure analisar o portfólio e definir bem o objetivo do seu site. É comum encontrarmos empresas que buscam criar seus sites sem entender exatamente o que irão receber. Fazer uma análise de concorrência, estudo de tendências e pesquisar reforços de marca não só auxiliam no desenvolvimento como ajudam a dar mais segurança, credibilidade e praticidade ao usuário final. O site deve ser planejado de acordo com o objetivo que ele terá? Quer mais ligação? Emails? Pedidos de orçamentos? Vendas? Tudo deve ser levado em consideração no início do projeto.

4. Acompanhe a visibilidade da sua empresa. Uma vez construído o site institucional ou blog é preciso acompanhar sua evolução. Utilizar ferramentas como o Google Analytics permite não só mensurar o crescimento de acessos diários, semanais e mensais, como mostra as páginas mais acessadas, origem de acessos, entre outros (saiba mais clicando aqui). Caso a visibilidade esteja baixa, investir em SEO ou campanhas de AdWords é uma forma eficiente de garantir boa posição e visibilidade nos buscadores do Google.

5. Disponibilize canais de contato. Sempre responda os e-mails que chegarem a sua caixa de entrada e busque disponibilizar outros meios como central de atendimento (pode ser um telefone específico com alguém sempre pronto a atender), chats online, perfil no ReclameAqui ou páginas em redes sociais. Mostrar ao seu cliente que ele sempre poderá falar diretamente com um representante da empresa para elogios, reclamações ou sugestões transmite maior segurança.

BÔNUS: Para quem tem verba limitada ou ainda se sente inseguro, busque investir em um serviço por vez de acordo com sua necessidade.

Curtiu as nossas dicas? Em breve, vamos trazer muito mais para ajudar você na divulgação da sua marca.

Ficou com dúvidas? Quer saber mais? Entre em contato com a gente através do telefone (85) 8852-1681. Damos uma consultoria web inicial sem compromisso! =)