Bem, aqui vamos falar de algo que eu entendo bem: da profissão de Webwriter. É preciso saber algumas dicas do que deve ou não deve ser feito, afinal, como toda profissão que trata com web, é preciso tomar alguns cuidados. Pronto?

Primeiramente, é importante gostar de ler e escrever. Lógico. Além disso, uma boa carga cultural, acadêmica e profissional. Possuir um conhecimento diversificado é essencial.

Faça com que o seu leitor crie expectativa do seu conteúdo. Mas, para isso, tenha um conteúdo que valha a pena ser visto. Não seja aquele webwriter vazio e só com aparência.  Inclusive, texto é essencial, portanto produza com certa frequência e em boa quantidade, o SEO agradecerá.

Como as pessoas não gostam de ler muito na web, portanto seja conciso e objetivo. Inclusive, esse é o primeiro mandamento do webwriter. Outro mandamento é sempre verificar a veracidade das informações que está passando e se não há erros gramaticais e de concordâncias. São esses pequenos erros que deixamos passar por relapso que podem sujar a imagem do nosso trabalho.

Se for trabalhar para uma empresa, estude e pesquise sobre para que consiga produzir textos interessantes e diversificados. Além disso, possua um plano de pautas e uma linha editorial. Sabendo onde ir, fica mais fácil se destacar.