Como falado anteriormente, há algumas regrinhas que todo funcionário de Social Media que se preze deve ter sempre em mente – se possível, colar um post-it em cada espaço vazio do seu computador. Como trocar as senhas das contas dos clientes com frequência, não exagerar nas hashtags e cuidado para se confundir com as contas administradas.

Primeiramente, amigo Social Media, cuidado com a gramática. Muita atenção com as acentuações, os porquês, crases, concordância e ortografia. Qualquer coisa, as aulas do Professor Pasquale estão aí.

Lembre-se o “o cliente é o seu chefe”. Portanto, invista nas suas técnicas de puxação de saco. Mostre resultados e número de likes. Quando você provar o quanto é “inovador” e “descolado”, mais liberdade terá para agir.

Pense sempre na possibilidade de tudo der errado e aquela postagem se tornar o seu inferno na Terra. Sim, Lei de Murphy mesmo. Nada de copo meio cheio. Esteja sempre preparado para fazer uma retratação e um pedido de desculpas.

2015 e ainda é preciso deixar claro que: fanpage e perfil não são a mesma coisa. Mesmo que você tenha uma microempresa, não faça um perfil. A sua empresa não é uma pessoa, campeão.

Nunca, nunca, nunca, jamais, em hipótese alguma, erre o nome de um fã ao responder um comentário. Por isso, atenção em tudo o que faz.