A Universidade de Cambrigde em conjunto com a Universidade de Stanford realizaram uma pesquisa onde a personalidade dos voluntários foi analisada por um programa que utiliza as curtidas no Facebook como base. A pesquisa foi divulgada na publicação científica PNAS com 70.520 usuários.

O mais interessante é que através desse programa conseguiu captar aspectos da personalidade que nem os amigos mais próximos conheciam. Foi algo alarmante, por a máquina ter conseguido superar os humanos. Ela possível deduzir até cinco traços de personalidade: retidão, amabilidade, sinceridade, extroversão e neurose.

Muitas associações interessantes foram feitas. Por exemplo, fãs do seriado Doctor Who são bem mais tímidos se comparados a aqueles que curtem reality shows.

Com apenas dez likes, a máquina conseguiu saber mais informações sobre os voluntários que um colega de trabalho. Enquanto que 70 curtidas ultrapassam um amigo próximo. E por volta de 150 para um familiar.

Já imaginou se essa tecnologia se desenvolve e se populariza? Na visão do Marketing, seria uma excelente ferramenta na hora de fazer uma análise do consumidor e a Experiência de Usuário, não acha?